31 agosto 2007

onde corpo é alma - Eugénio de Andrade


Na orla do mar,
no rumor do vento,
onde esteve a linha
pura do teu rosto
ou só pensamento
(e mora, secreto,
intenso, solar,
todo o meu desejo)
aí vou colher
a rosa e a palma.
Onde a pedra é flor,
onde o corpo é alma.

Eugénio de Andrade
Gostosíssimo Senhor

O Senhor descobriu todos os segredos do meu corpo e da minha alma...
Sabe exatamente como transformar
pedra em flor,
pão duro em cerejas maduras
e iluminar e alegrar a minha vida!

beijos agradecidos, doces e felizes

SUA maria

3 comentários:

Le Fetiche disse...

ola...AMEI esse blog..as fotos são maravilhosas....a submissão é algo divino e vcs conseguem repassar isso em amor e poesia literalmente.
Linkei voces ao meu blog...qdo puderem deem uma passada lah.
www.le-fetiche.blogspot.com
abraços

este blog disse...

le fetiche

muito obrigada pelas palavras gentis e pelo link. Visitei seu blog e gostei muito! Parabéns!
beijos

maria{SS}

U Ó Mãe Que Dava Pulos disse...

os segredos do teu corpo e da tua alma...devem ser segredos que merecem ser descobertos: misturas de aromas, suaves e fortes,de emoções,ternura e paixão, de volúpia, resistência e submissão..todo um oceano a explorar!Um(ou mil) beijo(s)

Deixo-te o meu blog se por lá quiseres passar..
http://bobizada.blogspot.com