18 agosto 2007

Dias Inúteis - Carlos Lopes Pires

Ficarão perdidos os dias
que não tivemos juntos.

Dias inúteis
encostados a paredes e muros envelhecidos.
Dias sem calendário,
horas evasivas e fugidas, desperdiçadas,

afundadas em rios,
sem margens nem pontes,


noites,
noites e mais noites deitadas fora

como casas desabitadas.
Dias Inúteis - Carlos Lopes Pires

Amadíssimo Senhor

Não existem dias sem o Senhor...
não existe nada!
Muito obrigada por me possuir.
Sempre que me chamar
a minha alma feliz vai escapar pelo sorriso franco
pelos olhos brilhantes
e iluminar todo o Universo...
e o Senhor saberá que só vivo pelo Senhor e para o Senhor
e que tudo mais não é vida...
é sonho...
é ilusão...

beijos agradecidos por tudo que me dá, doces e submissos

SUA maria da luz

2 comentários:

Ricardo Rayol disse...

Realmente você homenageia com fervor.

maria{SS} disse...

obrigada, Ricardo!
vc é um doce!!!
beijos

maria{SS}