26 março 2010

a explicação da luz - Thiago de Mello



Só agora aprendi
que amar é ter e reter.
Foi quando te vi.

Vi quando a rosa se abriu.
Como a eternidade
pode ser tão fugaz?

Não sei quando é o mar,
ou se é o sol dos teus cabelos.
Tudo são funduras.

Na entressombra, o sabre
se estira na relva morna.
O nenúfar se abre.

Brilha um dorso: és tu.
Encontro no teu ventre
a explicação da luz.

a explicação da luz - Thiago de Mello

Amado e iluminadíssimo Senhor


mais um mesário 
e logo logo serão 5 anos 
que uma resplandescente coleira brilha no meu pescoço
e cada dia que LHE vejo o sorriso 
é com o mesmo encanto 
e a mesma felicidade de LHE saber feliz perto de mim.
Sei que tenho muito a melhorar, 
aprender 
e conto Consigo para me aperfeiçoar,
para me moldar à SUA medida
e sempre sentir alegria com a minha presença,

beijos sempre apaixonados

SUA maria da luz

23 março 2010

poesia da amante - Adalgisa Nery

Eu te amo
Antes e depois de todos os acontecimentos,
Na profunda imensidade do vazio
E a cada lágrima dos meus pensamentos.
Eu te amo
Em todos os ventos que cantam,
Em todas as sombras que choram,
Na extensão infinita dos tempos
Até a região onde os silêncios moram.
Eu te amo
Em todas as transformações da vida,
Em todos os caminhos do medo,
Na angústia da vontade perdida
E na dor que se veste em segredo.
Eu te amo
Em tudo que estás presente,
No olhar dos astros que te alcançam
E em tudo que ainda estás ausente.
Eu te amo
Desde a criação das águas,
desde a idéia do fogo
E antes do primeiro riso e da primeira mágoa.
Eu te amo perdidamente
Desde a grande nebulosa
Até depois que o universo cair sobre mim
Suavemente.

poesia da amante - Adalgisa Nery

Amadíssimo SIR STEPHEN

eu LHE amo!
total
absoluta
e
eternamente...
eu LHE amo na claridade do sol do verão
no escuro dos quartos e capelas
na doçura da cereja dura que estala na boca
na maciez da água que bebo
no picante da pimenta
na suavidade de uma pétala de rosa
na aspereza da areia sob os meus pés
tudo traz a SUA presença
e me encanta !

beijos de mel

SUA maria da luz

16 março 2010

a luz que acende o olhar - Patricia10Rocha

a luz que acende o meu olhar
é o brilho do SEU sorriso!

beijos encantados, sempre

SUA maria da luz






14 março 2010

concede-me - bonecadetrapo


Concede-me por hoje apenas
Por um instante
Por um segundo
Por uma vez [que importa?]
Num rodopiar de verbos substantivos e acervos de lembrança
Os teus dedos [toca-me]
Os teus nervos [sente-me]
...
O teu corpo
Contra
O meu corpo. Os meus nervos. Os meus dedos.
in Acto de entrega e fé.

...

Concede-me a dança.
Passo a passo
Ponto a ponto
Num compasso miscigenado de fúria e calma: tango ou valsa.

Essência de fogo em ponta de lança. Ou espelho d’água.

Sou. Somos. És…

concede-me - bonecadetrapo

Amadíssimo Senhor

arrebata-me,
rodopie a minha alma,
use meu corpo,
sirva-SE no ritmo que desejar...
e me faça arder até  inundar
a cama
o chão
a Nossa história...

beijos felizes

SUA maria da luz

02 março 2010

de volta pro meu aconchego - Nando Cordel

 
Estou de volta pro meu aconchego
Trazendo na mala bastante saudade
Querendo
Um sorriso sincero, um abraço,
Para aliviar meu cansaço
E toda essa minha vontade

Que bom,
Poder tá contigo de novo,
Roçando o teu corpo e beijando você,
Prá mim tu és a estrela mais linda
Seus olhos me prendem, fascinam,
A paz que eu gosto de ter.

É duro, ficar sem você
Vez em quando
Parece que falta um pedaço de mim
Me alegro na hora de regressar
Parece que eu vou mergulhar
Na felicidade sem fim

de volta pro meu aconchego - Nando Cordel

Amadíssimo Senhor

cheguei!!!
voltei das mini-férias
morrendo de saudades
de vontades de estar pertinho
aconchegadinha no SEU peito gostoso...

milhares de beijos gulosos, saudosos,
demorados, safados, alegres, docinhos...

SUA maria da luz