09 outubro 2007

insecto - Pablo Neruda


Das tuas ancas aos teus pés
quero fazer uma longa viagem.

Sou mais pequena que um insecto.
Percorro estas colinas,
são da cor da aveia,
têm trilhos estreitos
que só eu conheço,
centimetros queimados,
pálidas perspectivas.
Há aqui um monte.
Nunca dele sairei.
...

Pelas tuas pernas desço
tecendo uma espiral
ou adormecendo na viagem
e alcanço os teus joelhos
duma dureza redonda
como os ásperos cumes
dum claro continente.

Para teus pés resvalo
para as oito aberturas
dos teus dedos agudos,
lentos, peninsulares,
e deles para o vazio
do lençol branco
caio, procurando cega
e faminta teu contorno
... escaldante!

Pablo Neruda


Amadíssimo Senhor

Uma terça deliciosa para o Senhor,
sempre com diversão,
alegria,
carinhos,
ternura
e
toda a delícia de estarmos juntinhos!

Farei incansáveis vezes viagens sobre o SEU corpo
e a cada recomeço me sentirei mais feliz
e mais abençoada!

Sou a mais feliz das escravas porque sou SUA
e porque me protege de todo mal !

abraços encaixadinhos, beijos doces
e uma paixão escaldante que me derrete

SUA maria da luz!

6 comentários:

Gerentes disse...

Um post delicioso. O poema é muito bom.
Beijos
Ana e Jorge

este blog disse...

Ana e Jorge Queridos

muito obrigada pela visita e pelo comentário. Visito sempre o Fantasias a 4 e adoro o blog de vcs!
beijos

maria{SS}

U Ó Mãe Que Dava Pulos disse...

Maria

Quem me dera ser o teu senhor para te ter e proteger como diz o poerma!

este blog disse...

ú ó mãe que dava pulos

muito obrigada pelos seus comentários, especialmente o feito no poema do Eugénio de Andrade.
Já visitei o seu blog e visitarei mais vezes...
beijos

maria{SS}

Beatriz disse...

maria{SS}, que coisa mais gostosa te Blog! Poemas, textos, fotos, tudo lindo!
Que sorriso que ilumina!

Beijos afetuosos

este blog disse...

beatriz querida

vc é sempre muito doce!
a luz vem da alegria de servir o meu Mestre...
muitos beijos gradecidos

maria{SS}