29 dezembro 2008

trajectória - Alda Lara


Agora sei, que não sou mais
aquela,
que bebeu leite
no peito de minha mãe.
- a que tremeu de medo
pela escuridão
do velho quarto
e tambem
a que guardou
o segredo do amor
sem corpo
nas horas inteiras
só de um sonho...

Agora sei
que não sou mais.

Porque o amor bate temporais
nas minhas veias,
e o tempo nasce luas
e árvores, nos olhos comuns e fundos,
porque o meu corpo
é uma folha trémula e branca
desesperadamente pura,
sob a caligrafia firme
das tuas mãos
suspensas.

é que eu sei,
que não sou mais
aquela.

trajectória - Alda Lara

Amadíssimo Senhor

sou aquela que moldou ao SEU gostar
que LHE serve de rastros e sorrindo
de joelhos calejados a LHE adorar
o desejo escorrendo pelas coxas
o brilho vazando pelo olhar...

beijos reluzentes da alegria de ser SUA

SUA maria da luz

4 comentários:

Duda disse...

maria{SS}, aquela foto foi tirada em Pirenópolis/GO rsrsrs. Interessante né?

Mais interessante ainda é sua postagem! Adorei!
Saber o que deixou de ser é sinal que sabe quem se é...

Feliz 2009, lindona! Que continuemos a nos querer bem!

*bjos*

Sir Stephen e SUA maria{SS} disse...

Querida Duda

eu gostei muito da foto que tirou e colocou no seu blog.
Gostei desses versos da poetisa portuguesa Alda Lara porque justamente começam de forma impactante! e na vida, todos nós vamos mudando... nos tornando outras pessoas de acordo com o que vai nos acontecendo e os nossos princípios...
FELIZ 2009 para todos! e com certeza seremos cada vez mais amigas... gosto muito de você!
beijos

maria{SS}

Casal do Arrocha disse...

Que nesse ano possamos sonhar,
E acreditar, de coração, que podemos realizar cada um de nossos sonhos,
Que esses sonhos possam ser compartilhados pelo bem,
E que eles tenham força de transformar velhos inimigos em novos amigos verdadeiros,

Que nesse ano possamos abraçar,
E repartir calor e carinho,
Que isso não seja um ato de um momento,
Mas a história de uma vida.

Que nesse ano possamos beijar,
E com os olhos fechados, tocar o sabor da alma,
Que tenhamos tempo para sentir toda a beleza da vida,
E que saibamos senti-la em cada coisa simples,

Que nesse ano possamos sorrir,
E contagiar a todos com uma alegria verdadeira,
Que não sejam necessárias grandes justificativas para nosso sorriso,
Apenas a brisa do viver,
Que nesse ano possamos cantar,
E dizer coisas da vida,
Que não sejam apenas músicas e letras,
Mas que sejam canções e sentimentos,

Que nesse ano possamos agradecer,
E expressar a Deus e a todos: “Muito Obrigado!”,
Que nesse “todos” não sejam incluídos apenas os amigos,
Mas também aqueles que, nos colocando dificuldades, nos deram oportunidades de sermos melhores.

E assim começamos mais um Ano Novo,
Um dia que nasce, um primeiro passo, um longo caminho,
Um desafio, uma oportunidade e um pensamento:
“Que nesse ano sejamos, Todos, Muito Felizes!”

FELIZ ANO NOVO AMORES!
BEIJOS...

Sir Stephen e SUA maria{SS} disse...

casal do arrocha querido

muito obrigada pela mensagem de novo ano maravilhosa!
beijos mil

maria{SS}