28 setembro 2008

o inseto - Pablo Neruda


Das tuas ancas aos teus pés
quero fazer uma longa viagem.

Sou mais pequena que um inseto.

Percorro estas colinas,
são da cor da aveia,
têm trilhos estreitos
que só eu conheço,
centímetros queimados,
pálidas perspectivas.

Há aqui um monte.
Nunca dele sairei.
...

Pelas tuas pernas desço
tecendo uma espiral
ou adormecendo na viagem
e alcanço os teus joelhos
duma dureza redonda
como os ásperos cumes
dum claro continente.

Para teus pés resvalo
para as oito aberturas
dos teus dedos agudos,
lentos, peninsulares,
e deles para o vazio
do lençol branco
caio, procurando cega
e faminta teu contorno
de vaso escaldante!

o inseto - Pablo Neruda

Amadíssimo Senhor

aos SEUS pés construí um reino
onde sou princesa encantada
gulosa meretriz
submissa apaixonada
escrava feliz!

beijos agradecidos
por tantos carinhos

SUA maria da luz

6 comentários:

DESIRE disse...

Uiiiiiiiiiiiii o sábado foi escaldante desse jeito?
Que deliciaaaaaaaaaaaaa!
Bom domingo
Beijos prometidos

Sir Stephen e SUA maria{SS} disse...

meus momentos com o SIR STEPHEN são sempre deliciosos...
Bom Domingo para vc
beijos felizes

maria{SS}

* Casal do Arrocha * disse...

Delícia de prazer minha linda!
bjs...

Sir Stephen e SUA maria{SS} disse...

casal do arrocha querido

é sim... assim como olhar o site de vcs... hummmm
beijos

maria{SS}

JOTA ENE ® disse...

Adorei esta foto. Belas fotos!

Tens lá um miminho no meu cantinho, usufrui dele como muito bem entenderes.

Bj grande!

Sir Stephen e SUA maria{SS} disse...

Olá, Jota ENE

obrigadíssima pelo comentário e vou já ver o mimo!
beijos

maria{SS}