24 agosto 2008

amor comeu - João Cabral de Melo Neto


o amor comeu o meu nome
minha identidade
o amor comeu minha certidão de idade
minha genealogia, meu endereço

o amor veio
e comeu meus cartões de visita

o amor veio
e comeu todos os papéis
onde eu escrevera meu nome

o amor comeu minhas roupas
meus lenços e minhas camisas

o amor comeu
metros e metros de gravatas

o amor comeu
a medida dos meus ternos,
o nº dos meus sapatos,
o tamanho de meus chapéus
o amor comeu minha altura, meu peso,
a cor de meus olhos e de meus cabelos

o amor comeu
minha paz e minha guerra,
meu dia e minha noite
meu inverno e meu verão

comeu meu silêncio
minha dor de cabeça
meu medo da morte

João Cabral de Melo Neto


Amadíssimo Senhor

a minha submissão é maior que o meu amor pelo Senhor
porque o amor tem caprichos e não come o nosso orgulho
na submissão não nos sobra nada...
sou SUA e uma extensão do Senhor
SUA vontade é a minha vontade
SEUS desejos são o meu desejo
SEU cuidado comigo é o que me mantém bem...

beijos e mais beijos submissos

SUA maria da luz

4 comentários:

yesterdaydudatoday disse...

Maria, feliz com sua visita!
Volte sempre. Adorei seu blog, vou associá-lo ao meu, tudo bem?

*bjos*

Amar Yasmine do AQUILIS disse...

Adorei tua visita, menina, venha sempre. Como vc é bonita, heim??? Parabéns ao teu DONO! *;-)

Doces besos

Sir Stephen e SUA maria{SS} disse...

YesterdayDudaToday

lógico que pode associar meu blog! é uma honra. Vou linkar o seu.
beijos e obrigada

maria{SS}

Sir Stephen e SUA maria{SS} disse...

amara yasmine do Aquilis

obrigadíssima pelas suas gentis palavras!
beijos doces

maria{SS}