26 novembro 2010

porque - Sophia de Mello Breyner Andresen


Porque os outros se mascaram mas tu não
Porque os outros usam a virtude
Para comprar o que não tem perdão.
Porque os outros têm medo mas tu não.

Porque os outros são os túmulos caiados
Onde germina calada a podridão.
Porque os outros se calam mas tu não.

Porque os outros se compram e se vendem
E os seus gestos dão sempre dividendo.
Porque os outros são hábeis mas tu não.

Porque os outros vão à sombra dos abrigos
E tu vais de mãos dadas com os perigos.
Porque os outros calculam mas tu não.

porque - Sophia de Mello Breyner Andresen

Amadíssimo Senhor

Sou feliz sendo SUA
e a minha admiração por SI não tem limites!
Acho-LHE forte, sábio, poderoso...
e humano
(o que me faz muito bem...)

Nesses 67 meses de alegria

obviamente tivemos problemas menores
e de vez em quando, nuvens negras no horizonte
a anunciar tempestades.
Pesadelos que o Senhor procura que eu esqueça
mas que me perseguem implacavelmente,
aliás como qualquer sonho mau ... *sorriso
A gente sabe que são só isso
poeira cósmica ruim que passa no primeiro vento...
mas mesmo assim o coração bate nervoso
 e a respiração falha!

E eu só quero que o ar me falte porque o Senhor me aperte brutalmente  em SEUS braços
e que o meu coração bata descompensadamente de paixão...
esses são os sintomas que quero sentir sempre e eternamente:
amor, desejo, paixão e submissão ao Senhor!

beijos docinhos, celebrando a vida e a SUA coleira

SUA maria da luz

3 comentários:

SirStephen disse...

Já só temos duas eternidades menos dois meses para seres MINHA... acho boa ideia irmos já pensando na renovação por mais duas eternidades....

Muitos beijos felizes por seres MINHA e orgulhosos por ser O teu Dono

SirStephen disse...

menos 67 meses, queria EU dizer... as eternidades é que são duas....

Catlin disse...

Linda declaração...

Beijos, Bom final de semana!!